terça-feira, 25 de maio de 2010

Já não sou criança

Já não sou a criança que tu sempre desenhas-te , a criança com quem brincavas com os sentimentos !
Eu cresci , tornei-me algo que tu nunca irás conseguir ser , tornei-me forte , encontrei o meu ponto de abrigo , abriguei-me , e quando dei por mim , não eras tu quem me abrigava !
Deixei-te por tantas tuas atitudes .
Deixei-te para trás , porque ambos sabemos que és incapaz de deixar de ser quem és , por te teres habituado assim !
Eu cresci , mas não foi por ti , acredita !
Cresci porque já era altura ... Não podia continuar assim , seguindo o teu rumo , o teu caminho !
Eu não sou como tu ! ... e sinceramente não tenciono ser , nem tentar !
Não sou fraca , e quando luto , luto e não desisto .
Eu fartei de tanta mentira e falsidade



FARTEI !*

5 comentários:

jm* disse...

adoro o que escreves * nota-se que é com sentimento
beijinho (;

Catarina Eusébio disse...

Amo este texto ;b

luana disse...

o texto ta altamente

Rita Vitorino disse...

Escreves tão bem, Eva (:

Anónimo disse...

amo o texto ,acredita fazes cenas altamentes (tainho saudades e vou ter :S)
AMO O QUE ESCREVESTE E TAMBEM TE AMO A TI MINHA GATA*